Testes iniciados no BRS Estácio-Tijuca

O objetivo do corredor expresso é aumentar o conforto e eficiência do sistema

Na última quarta-feira, dia 18, foram iniciados os testes para implantação do BRS Estácio - Tijuca, na zona norte da cidade. O objetivo do corredor expresso é aumentar o conforto e eficiência do sistema, além de reduzir o tempo de viagem dos usuários.

O novo BRS Estácio - Tijuca tem 3,5 quilômetros de extensão, começa na rua João Paulo I, segue pela rua Doutor Satamini, avenida Heitor Beltrão e pela rua Conde de Bonfim até a rua General Roca (Praça Saens Peña).  Com a implantação do corredor, a SMTR espera que haja redução de 20% no tempo de viagem de ônibus.

Nesta primeira semana, serão feitos trabalhos de orientação aos usuários e motoristas e a fiscalização eletrônica começa a operar a partir do dia 1° de outubro. Em agosto, foi inaugurado o trecho Largo da Carioca ao Estácio do BRS, com extensão de três quilômetros, e, como resultado, o tempo de viagem por ônibus foi reduzido em 23,1%, superando a meta inicial da prefeitura.

Com o novo BRS Estácio - Tijuca, a cidade do Rio possui 26,7 quilômetros de faixas preferenciais de ônibus em funcionamento, que reorganizam o trânsito e o transporte público. O trabalho é realizado em parceira com a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, que realiza a sinalização horizontal, correção e nivelamento de calçadas e meio-fio e recapeamento das vias que não receberam o programa Asfalto Liso.

Compartilhar

Deixe seu comentário