Juiz federal Marcelo Bretas será julgado por envolvimento em eventos políticos

O magistrado compareceu a eventos ao lado do presidente Jair Bolsonaro e do prefeito Marcelo Crivella

O Órgão Especial do Tribunal Regional Federal da 2ª Região julga nesta quinta-feira (17) a conduta do juiz federal Marcelo Bretas por envolvimento em eventos políticos.

O procedimento foi aberto por conta da participação do magistrado em agenda ao lado do presidente Jair Bolsonaro e do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, em fevereiro.

Bretas começou a ser investigado em maio pelo TRF-2 por determinação do presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins que, à época, ocupava o cargo de corregedor nacional de Justiça. A análise do caso aconteceu a pedido da OAB.

Em fevereiro, o juiz federal foi com o prefeito do Rio à inauguração de uma alça na Ponte Rio-Niterói e à uma festa evangélica na praia. Após as críticas recebidas, Bretas se defendeu, na internet, ao dizer que em nenhum momento participou de evento político-partidário, e sim, de solenidades de caráter institucional e religioso.

Compartilhar

Deixe seu comentário